Já combinamos. Vamos acampar este verão. A ansiedade começa a florir, incessantemente, no interior do meu estômago, sob a forma de borboletas, que voam disparatadas em todas as direcções. Iremos partilhar a mesma tenda, o mesmo fogo, o mesmo olhar, o mesmo amor. Pareço uma criança que recebeu o seu primeiro rebuçado ou a sua primeira prenda. O meu sorriso ilumina-se junto do teu e os nossos corações encontrar-se-ão por entre os ramos da natureza, que nos envolverá nesses dias e noites. E a lua, lá no alto, irá fazer-nos parecer tão pequeninos e tranquilos. Olharemos o mundo, lado a lado, e descobriremos que ainda mal vivemos. Temos tanto para aprender.