Como é bom te amar e te beijar. Adoro que vás ficando aos poucos e poucos e que conquistes, de todas as vezes e formas, o meu coração jovem e enamorado. Deixa-te ficar um pouco mais a meu lado, encostado a todo o meu ser. Deixa os lençóis tomarem a forma delicada dos nossos corpos tímidos e arrepiados pela brisa matinal, que entra desajeitadamente pela janela do quarto. Pode demorar, mas não tenhas pressa. Fica. Oh, como sabe bem ter o calor do teu corpo a aquecer o frio do meu, quando nada mais existe em redor. E, daqui a bocadinho, beijarei as tuas faces, o teu queixo, todo o contorno da tua boca, sem lhe chegar a tocar, deixando o melhor de todos os beijos do nosso amor para o fim, naquela manhã de primavera. Por isso, deixa-te ficar um pouco mais a meu lado, sei que este amor ainda tem tanto para crescer (mesmo que isso nem pareça possível).