O sorriso de hoje foi puro. A gargalhada foi a mais clara, o olhar o mais sincero. O dia foi preenchido, mas o sol continuou a brilhar lá no alto, apesar do frio que se fazia sentir ao de leve nas orelhas. O coração parecia esperar pelo final do dia longo e, quando finalmente te viu, à noitinha, voltou a amar.