Ainda fico a pensar naquela noite em que apenas interessava tu e eu. O teu coração pulsava ao sabor do meu, com o som de música bem lá no fundo. Oh, como soube bem dançar assim junto a ti. Os outros olhavam, mas isso pouco nos interessava; eram apenas desconhecidos que existiam em redor, nada mais do que estranhos. Os nossos olhos estavam fixos num amor que perdura e os nossos lábios acarinhavam-se vezes sem conta. Meu amor, asseguro-te que poucos amores são como o nosso. Vem dançar comigo outra vez.