De cada vez que suavemente te beijo, este ser que habita em mim, chamado de coração, sorri como uma criança feliz, inocente ao mundo injusto. Como sabe bem ser esta criança à tua beira, sem as normais e exageradas preocupações que me atormentam o resto do dia. Não preciso de me preocupar em ser outra pessoa que não eu e sinto-me tão em mim. Oh, como é bom meu amor ..