Vens ao longe e eu vejo-te a aproximar. Digo-te com o olhar para vires com cuidado e devagar. Mas que isso não te impeça nunca de continuares a vir para os meus braços, porque o meu ser te espera calmo e sereno, pronto para ser amado.