Encontro-me nervosa e ansiosa. O meu coração bate a mil à hora, porque hoje é um dia importante. Abro ao máximo as portas do armário e sento-me na ponta da cama. Que roupa irei levar? O que irei usar? O nervosismo abrange todo o meu corpo. Ele disse para eu ir natural, exactamente como eu quero ir, mas quero ir bonita, quero sentir-me quase como 'perfeita'. Hoje é um dia importante. Levo as mãos à cabeça e caio para trás. Aquelas almofadas que repousavam à 5 minutos em cima do colchão receberam-me de impacto, como um susto vindo de um grito. Vou falando contigo e perguntas-me o que é a tua prenda. Logo verás amor. Já disse ao meu pai para no final me ir buscar a tua casa, mas neste momento nem me preocupo com isso. A verdade é que o meu coraçãozinho preocupa-se agora com o conhecer 'outrem'. Hoje é um dia importante.