Anda, vem conhecer cada traço meu, cada pormenor escondido do meu corpo. Vem saber como sou, sem que eu te molde a visão. Vem ver os meus defeitos e o meu embaraço em mostrar-te. Não te vou esconder nada. Quero que me conheças. As coisas más e as coisas boas. Quero que me conheças.