Ouvia a trovoada como som de fundo, enquanto tentava adormecer esta noite. Nunca gostei daquele som. Sempre foi algo que vi como tenebroso, sombrio, obscuro. E desejava naquele momento que estivesses ao meu lado, para me dar aquele abraço, aquela segurança que mais ninguém consegue dar.