O amor não é justo. Nunca o foi. Magoa. Tira-nos aquilo que liberta o que temos escondido na alma e que nos traz ao de cima o que temos de melhor. Tira-nos a alegria que emitíamos todos os dias. Tira-nos do peito o coração que batia por alguém e transforma-nos em pedra, pessoa fria e sem vontade de respirar. O amor não é justo. Talvez por isso eu tenha sofrido tanto até te encontrar. O meu coração magoado sofria antes de ver esse teu sorriso tão puro e único. Arrancaste de mim uma felicidade e um carinho que não sentia à muito tempo (ou talvez nunca tenha realmente sentido). Agora que te tenho e sou feliz, contraria o amor. Vai contra tudo e todos e fica comigo. Luta comigo. Luta por mim, sempre que necessário. Quero puder dizer que conheço o outro lado do amor. Aquele que nos proporciona boas recordações e palpitares exorbitantes no corpo. Quero conhecer esse lado do amor. Quero conhecê-lo contigo. Não quero mais nada.