Estou farta da escola, farta das aulas e, por um lado, também farta da turma. Quero uma turma nova, quero gente nova. Quero começar de novo. Fico pelos cabelos com atitudes inesperadas de pessoas, que me deixam em baixo logo ao começar a manhã. Teimosas. Começo a perceber que não posso confiar em ninguém mesmoo, porque toda a gente nos desilude um dia. Vou sair para espairecer, vou à feira medieval aqui da minha cidadezinha e dar uma volta com a melhor amiga.