Ando com saudades de quem perdi e extremamente preenchida por um medo de perder quem ainda tenho. Perder quem amo mais neste mundo. Este pequeno coração anda num carrossel atribulado nestes últimos dias e sem nenhuma razão aparente. Penso no ex, no melhor amigo, na avó. Na minha vida apenas algumas fases se resumem a más fases e a coisas que quero esquecer. O restante é bom de se recordar. Mas estes dias nada de bom tem vindo ao de cima e a minha mente pessimista tem se revelado teimosa e persistente. Absorvo o silêncio que me rodeia e fecho os olhos por momentos. A imagem dele passa-me por entre olhares. "Fazes me feliz sabias ?" diz-me ao de leve, como que um sussurro no meu ouvido. Como é consegues aparecer assim, em qualquer momento, na minha mente atormentada e fazer-me sorrir ? Apenas me mantenho intacta e sóbria de mim porque tu, por quem o meu coração se entregou, cuidas bem de mim e me dás aqueles beijinhos todos, que me aquecem e me fazem esquecer os problemas.