Foste meu. Totalmente meu. Foste a única coisa com que os meus olhos se deliciaram durante a tarde. Fomos só tu e eu, numa tarde de sexta-feira. E foi tão bom meu amor. Todos os teus abraços. Ouvir o teu riso provocava em mim uma sensação de alegria constante e largava a cada segundo um sorriso dos meus lábios. O meu coração bateu, a toda a hora, a uma velocidade exagerada e de cada vez que passavas a tua mão e me acariciavas a face, o meu coração derretia-se um pouco mais. Não sei porquê, não me perguntes amor, mas a verdade é que contigo todos os momentos são diferentes e eu sinto-me mais completa. A maneira como conheces cada detalhe da minha personalidade e sabes o que me passa pela mente faz que tudo pareça mais fácil a teu lado. Os nossos beijinhos à velhinho e os nossos "concursos" de quantos beijinhos conseguimos dar .. tudo torna a nossa relação algo inexplicável e de tirar a respiração. A nossa partilha de gomas.. o facto de segurares uma goma com os teus dentes para que eu possa pôr-me bem perto de ti, aproximar os meus lábios dos teus e trincar a minha metade da goma, faz deste pequeno momento algo que eu queira repetir diariamente. Comemos e partilhamos o nosso lollipop em forma de coração, enquanto punhas o teu braço à minha volta e me mantinhas ali, tão tua! E continuamos a andar, debaixo de um único guarda-chuva que tinha na carteira quando começou a chover, tão juntos, tão unidos, tão enamorados.