À espera da tua resposta. À espera de ler um sim. À espera de ler um anda ter comigo, estou livre amor. Mas que desespero que estou neste momento. Estarmos juntos hoje é algo incerto e isso deixa-me com o coração a sair-me do peito! Fizeste-me «dependente» de ti e não me ensinaste a viver sem o teu amor. Agora estou aqui, à quase uma semana, sem sentir os teus lábios, o teu calor, o teu abraço. Esse sorriso que me mantém apaixonada continua bem presente no meu pensamento e a vontade de o voltar a ver perante mim cresce de minuto a minuto. Esta ânsia deixa-me exausta. Arrebata-me o coração e ele começa a não aguentar tantas investidas seguidas contra ele. Podem dizer que a saudade é saudável e que até faz bem para depois se aproveitar melhor o tempo. Eu até acredito nisso, até sou das pessoas que profere essas verdades, mas o que eu mais quero é estar contigo e puder estar nos teus braços - o lugar onde verdadeiramente pertenço e de onde nunca devia ter saído na última despedida meu anjo.
  Juro que se não receber uma resposta vou até tua casa e roubo-te por algumas horas! A verdade é que não consigo esperar até amanhã, meu amor.