24.05.2010
  Passaram-se 9 meses. Passaram-se momentos únicos. Passaram-se carinhos partilhados. Este amor parece crescer de dia para dia. És o meu rei, o meu tudo, a minha alma gémea. É um amor verdadeiro e tu sabes bem disso ! Fazes-me sentir com borboletas no estômago, com arrepios no corpo e aqueles calores provocados pelo nervosismo. Apesar de se ter passado todo este tempo o sentimento não diminuiu. Vejo pessoas que começaram a namorar à mesma altura que nós a acabar e fico com medo. É o medo que tudo o que construímos até agora caia por terra. Não quero ! Não quero que acabe e és tu que me consegues voltar a sentir segura. Seguras-me nos teus braços e eu sinto o pulsar do teu coração em unísono com o meu. Somos como um só - perfeitos!